São Francisco de Assis – 04 de outubro

Avalie nosso post
História de São Francisco de Assis

São Francisco de Assis é um dos santos mais amados e conhecidos da Igreja Católica Apostólica Romana. Sua história é uma jornada de conversão, simplicidade e amor pelos menos favorecidos e pela criação de Deus. Vamos explorar a vida inspiradora de São Francisco de Assis, o fundador dos franciscanos e um dos santos mais venerados da história.

Os Primeiros Anos de São Francisco

São Francisco de Assis nasceu em 1181 ou 1182, na cidade de Assis, na Itália. Ele nasceu em uma família rica e teve uma juventude despreocupada e indulgente. Seu pai era um próspero comerciante de tecidos, e a jovem Francisco desfrutava de todos os privilégios que a riqueza poderia proporcionar.

No entanto, sua vida mudou dramaticamente quando, aos 20 anos, ele se alistou no exército para lutar em uma guerra local. Durante seu serviço militar, ele foi capturado e passou cerca de um ano como prisioneiro. Esse período de sofrimento e reflexão o fez questionar os valores mundanos que havia seguido até então.

A Conversão de São Francisco

Após sua libertação, São Francisco começou a experimentar uma profunda transformação espiritual. Ele começou a renunciar a sua riqueza e a buscar um estilo de vida mais simples, centrado na fé e na devoção a Deus. Sua família, inicialmente, não entendia suas escolhas, e houve conflitos.

No entanto, São Francisco estava determinado a seguir o exemplo de Jesus Cristo, vivendo em pobreza, castidade e obediência. Ele se dedicou a ajudar os pobres e os doentes, abraçando leprosos e mendigos. Sua compaixão e humildade se tornaram marcas registradas de sua vida.

A Fundação da Ordem Franciscana

São Francisco logo atraiu seguidores que compartilhavam seu compromisso com a simplicidade e a fé. Em 1209, ele e seus companheiros receberam aprovação do Papa Inocêncio III para formar a Ordem dos Frades Menores, que mais tarde ficou conhecida como a Ordem Franciscana. A ordem tinha como objetivo viver de acordo com o Evangelho, sem posses materiais e dedicada à missão de pregar o amor de Deus.

São Francisco de Assis acreditava na importância de respeitar e cuidar da natureza, considerando-a um presente de Deus. Ele é frequentemente associado à proteção dos animais e do meio ambiente. Sua visão de fraternidade e reverência à criação de Deus continua a influenciar o movimento de preservação do meio ambiente e a ética de cuidado com a natureza.

O Cântico das Criaturas

Uma das obras mais conhecidas de São Francisco é o “Cântico das Criaturas” ou “Cântico do Irmão Sol”. Este poema expressa sua profunda gratidão pela criação de Deus e sua conexão com todas as criaturas, incluindo o sol, a lua, as estrelas, a água e até a morte.

O “Cântico das Criaturas” reflete o amor de São Francisco pela natureza e sua crença de que todas as criaturas são um reflexo da beleza e da bondade de Deus. Ele viu Deus em todas as coisas e acreditava que, através da gratidão e do respeito pela criação, as pessoas poderiam se aproximar de Deus.

A Morte e o Legado de São Francisco

São Francisco de Assis faleceu em 3 de outubro de 1226, na cidade de Assis. Ele foi canonizado como santo apenas dois anos após sua morte, devido à sua extraordinária santidade e influência na Igreja e na sociedade.

O legado de São Francisco é profundo e duradouro. Sua devoção à simplicidade, à humildade e ao cuidado com os menos favorecidos continua a inspirar milhões de pessoas em todo o mundo. A Ordem Franciscana, composta por frades e freiras, é uma das maiores ordens religiosas da Igreja Católica e continua a seguir os princípios e valores estabelecidos por São Francisco.

São Francisco de Assis é lembrado como um santo que viveu de acordo com o Evangelho, renunciando às riquezas materiais em favor da riqueza espiritual. Sua devoção à natureza e sua compaixão pelos mais necessitados são exemplos poderosos de como a fé pode transformar vidas e inspirar mudanças positivas no mundo.

Seu lema de “Pregar sempre, se necessário, use palavras” reflete sua crença de que nossas ações e nosso testemunho são mais poderosos do que simples palavras. São Francisco de Assis, o santo dos pobres e da natureza, continua a nos lembrar da importância da simplicidade, da compaixão e do amor na jornada de fé.

São Francisco de Assis, rogai por nós!

Deixe um comentário